Gente

Eliana Lungoji é homenageada pelo Governo de Malanje

A jovem Eliana Lungoji, que arrebatou o título de primeira-dama de honor, no  concurso Miss Angola, edição 2017, realizado em Luanda, foi homenageada pelo Governo da Província de Malanje, numa cerimónia prestigiada pelo governador Norberto dos SantosKwata Kanawa”.

Fotografia: DR

“Kwata Kanawa” felicitou a primeira-dama de honor por ter  epresentado condignamente a província no concurso que disputou a coroa de mulher mais linda de Angola, ao lado de outras potenciais candidatas que representaram o país, bem como das da diáspora. De 18 anos de idade, Eliana Lungoji recebeu três certificados dos quais um de mérito e dois que a habilitam aos cursos de Inglês e de Empreendedorismo. A primeira-dama de honor do concurso Miss Angola disse estar de volta à sua terra natal para cumprir o seu programa de acção enquanto Miss Malanje, reiterando a sua aposta na luta contra o analfabetismo e no trabalho com as crianças, além de outros projectos. “Tenho que trabalhar com tudo aquilo que prometi ao povo malanjino. Regressei para executar as minhas acções na prática.” Disse que após ser eleita primeira-dama, a satisfação foi maior pelo dever cumprido por representar condignamente a província, elevando o seu nome ao atingir o auge no concurso da beleza feminina no país. “Sinto-me feliz por saber que o governo provincial também está satisfeito com a participação e a classificação que obtive e que nunca tinha alcançado nas edições passadas da Gala de Miss Angola”, realçou. Eliana disse ter ficado impressionada pela dimensão da cerimónia de homenagem, acrescentando que a honestidade foi a arma que a levou à vitória. Gente mostra os momentos marcantes da merecida homenagem a Eliana Lungoji.

Tempo

Multimédia