Gente

Emocionante despedida da embaixadora

Momentos de grande emoção viveram aqueles que se deslocaram à residência da embaixadora de Espanha em Angola, Júlia Olmo y Romero, para a cerimónia de despedida da diplomata.

Fotografia: Embaixada de Espanha

Depois de cinco anos de trabalho, a embaixadora convidou colegas e amigos para agradecer o apoio, a colaboração e a amizade que lhe foi dispensada enquanto esteve em Angola. Emocionada, Júlia Olmo
y Romero lembrou o dia em que chegou a Angola. “Trabalhámos sempre com respeito às pessoas e às tradições, o que constituiu numa máxima pessoal, mas também num princípio irrenunciável do nosso trabalho como diplomatas.”  Na presença da nova decana do corpo diplomático, a embaixadora de Cuba, Gisela Rivera, a diplomata espanhola saudou os colegas da Argentina, Equador, Uruguai e Venezuela, com quem formou uma grande comunidade estruturada na sua diversidade pela língua espanhola, que pode difundir em Angola graças às “semanas da língua”. “Sentimos a hospitalidade de Angola e aprendemos a gostar deste país e dos angolanos”, disse a diploma, que agradeceu às autoridades angolanas pela amizade sempre manifestada para com Espanha e toda a colaboração prestada ao longo do seu mandato. “Angola é um grande país, que atravessou enormes dificuldades das quais soube sair com a cabeça erguida. Tem um grande presente, um presente que já é seu e que irá servir de base para construir o futuro, um grande futuro”, disse Júlia Olmo y Romero.
E dirigindo-se às empresas espanholas, onde se destaca a Impulso, que trabalha no Plano Nacional de Geologia (Planageo) disse: “Apesar das dificuldades de momento, Angola vale a pena e merece o esforço. Aquele que resiste, ganha.” Júlia Romero resumiu assim o seu trabalho: “colocamos Espanha na agenda angolana e Angola no cenário espanhol.
Posso dizer com orgulho que nos vamos com a convicção de dever cumprido.”

Tempo

Multimédia