Gente

Escritora envia mensagem a todas as mulheres africanas

Isabel Ferreira juntou-se a inúmeras figuras públicas que no passado dia 31 de Julho, dispensaram alguns minutos do seu tempo, para manifestar o seu regozijo pela celebração da data.

Fotografia: Paulino Damião | Edições Novembro

A autora da obra poética "O Leito do Silêncio", em nota tornada pública na tarde daquele mesmo dia, adjectiva a mulher africana como sendo combativa, tal como o imbondeiro. “Parabéns mulher africana. Mulher que tem dom de esconder a sua dor e emprestar sorrisos a quem precisa. Mulher combativa, tal como o Imbondeiro. Jamais se verga”, realça trechos da nota. Isabel Ferreira, licenciada em dramaturgia pela Escola Superior de Teatro e Cinema, e também formada em Direito, é docente universitária e membro da União dos Escritores Angolanos, da União Nacional dos Artistas e Compositores Angolanos e da Sociedade Portuguesa de Autores.

Tempo

Multimédia