Gente

Euclides da Lomba homenageia fãs

Do sucesso das duas noites de concerto de Euclides da Lomba, nos dias 2 e 3 de Setembro do ano passado, no Show do Mês, brotou uma relação de cumplicidade entre o músico e compositor e os seus fãs.

Armindo Laureano “Salambende Mucari” representa os fãs do cantor em Lisboa
Fotografia: DR|

O cantor do “amor dançante” viu nascer o movimento Regressa da Lomba, que defende a realização de um megaconcerto no Centro de Conferências de Belas (CCB), no Futungo II. Empolgado pela corrente positiva dos fãs, o autor de sucessos como “Livre serás”, “Desejo malandro” e “Tchu tcha” tornou realidade “O país que venero”, a sua terceira obra de originais, cujo lançamento está ­previsto para a segunda quinzena de Fevereiro, em Luanda. Os fãs não foram esquecidos. Euclides abriu o coração nos agradecimentos: “Aos membros do  movimento Regressa, a minha vida deixou de ser a mesma coisa depois de receber tanto carinho e respeito de vossa parte. O vosso gesto transcendeu a minha humilde carreira musical. Sem medo de errar, afirmo aqui que nunca esperei alcançar esse reconhecimento do público e fãs, que se perfilam de maneira singular e honesta, motivados pela solidariedade, irmandade e patriotismo nunca vistos em Angola (...)”

Tempo

Multimédia