Gente

Familiares e fãs homenageiam o músico Kueno Aionda

O tempo não pára. Contam-se 30 dias desde que se calou definitivamente a voz de Kueno Aionda. Segundo informação que a reportagem da Gente teve acesso familiares e amigos do falecido músico Kueno Aionda, juntaram-se no final tarde de sexta-feira, dia 20, na Urbanização Nova, em Luanda, com a finalidade de participarem das missas do trigéssimo dia do seu falecimento.

Fotografia: DR

Kueno Merquides Vieira Aionda, músico versátil e de voz “inconfundível”, faleceu no passado dia 19 de Fevereiro, por prolongada doença. Autor de vários sucessos, que marcaram a sua carreira e pisando diversos palcos nacionais e internacionais, Kueno Aionda fez parte de uma geração de jovens artistas que, ao longo dos últimos 20 anos, têm dado grande contributo ao processo de promoção, divulgação, valorização e preservação da cultura angolana através da música. Kueno Merquides Vieira Aionda nasceu em Luanda a 29 de Maio de 1986. Antes de ser uma referência no mercado musical, o autor de “Isabel” participou em diversos concursos musicais como “Canta Canta”, da Rádio Luanda, em 2002, e “Estrelas ao Palco”, da Televisão Pública de Angola (TPA), em 2003 e 2004. Nos anos de 2005 e 2006 participou no festival da “Canção de Luanda”, promovida pela Luanda Antena Comercial (LAC), mas só em 2010 foi o grande vencedor do concurso. Ganhou o Prémio Revelação do Top dos Mais Queridos em 2012.

Tempo

Multimédia