Gente

General Wambo e esposa renovam votos de matrimónio

Conheceram-se, há 26 anos, no dia 3 de Novembro de 1992. Nessa altura o general Isidro Chindondo "Wambo" e a esposa Maria Aurora Cerqueira Chindondo mal sabiam que era o primeiro dia de uma vida a dois feliz e abençoada.

Fotografia: arquivo da familía

O casal, que comemorou recentemente 25 anos de casamento, renovou os votos matrimoniais numa cerimónia simples, mas revestida de grande significado, na Igreja de Jesus, diante de familiares. Isidro e Maria Chindondo têm quatro netos e são pais de Edilson  Chindondo (37 anos), Jonas Chindondo (36), António Chindondo (34), Ana Carvalho (32), Hélder Chindondo (28), dos gémeos Emmanuel Chindondo e Rita Chindondo (25) e de Alexandre Chindondo (21 anos). O primeiro contacto de Isidro e Maria Chindondo teve lugar na antiga Missão Soviética, local onde o general Wambo esteve sob custódia, na sequência do conflito pós-eleitoral  de 1992, e que alberga hoje as instalações da Unidade de Apoio do Estado-Maior General. A esposa, também conhecida por Lola, imbuída de um espírito de solidariedade, foi  visitar e dar apoio aos presos, numa iniciativa da Caritas de Angola, levada a cabo pelas suas irmãs Maria da Conceição Cerqueira e Maria da Conceição Ferreira, ambas responsáveis na Caritas de Angola desde Novembro de 1992. Ao fim de um ano e dois meses de namoro o casal contraiu matrimónio.
Ao general Wambo, à esposa e aos filhos Gente deseja saúde e muitas felicidades.

Tempo

Multimédia