Jack Nkanga agora é Amosi


20 de Abril, 2017

Fotografia: Paulino Damião| Edições Novembro

Amosi Just a Label (apenas um rótulo), foi este o nome escolhido pelo  talentoso e irreverente músico Jack Nkanga, que adoptou o nome Amosi, pelo qual quer ser chamado doravante.

Jack Nkanga explica que o seu novo nome vela pela “graça, liberalismo, paz, amor e razão divina”, aspectos que fazem parte da sua conduta e da sua maneira de ser e estar, nos dias de hoje. Nkanga proporcionou aos fãs presentes no restaurante Miami Beach, na última sexta-feira, 14, um concerto intimista com o melhor de si enquanto músico. Humilde, simples, original e dono de uma voz gigantesca, Jack Nkanga brincou com as cordas vocais, mostrando aos presentes que entende da arte de bem cantar. Do seu repertório, constam Redentor, que abriu o  espectáculo, seguido de Momentos de glória, Independência, It's so Hot, Beleza da vida, Don't say goodbye e  Sonhador, que levou o público a acompanhá-lo do início ao fim, ignorando o músico que pedia que o deixassem cantar. “Estou a ficar emocionado. Mas agora é a minha vez de cantar”, apelava Jack Nkanga. Seguiram-se as letras Ngua Lisa, Somos o que somos, Ya longoka e Good cause, numa mistura das línguas inglesa com a portuguesa, associadas ao dialecto kikongo, da sua terra natal, o Uíge. No final, o público pediu bis para a música Redentor. Jack Nkanga esteve acompanhado dos músicos James Jabir (flauta), Dalu Roger, na percussão, Marabu, na viola baixo e Clovis, na viola ritmo, que tornaram o concerto mágico e bonito.

capa do dia

Get Adobe Flash player



ARTIGOS

MULTIMÉDIA