Gente

José Luís Mendonça e Lopito Feijóo em recital de poesia

Os poetas José Luís Mendonça e Lopito Feijóo unem talentos na noite de quarta-feira, 26, a partir das 18h30, no Camões-Centro Cultural Português, para oferecer aos presentes um recital denominado Poesia de Intervenção & Cantos da Alma.

Fotografia: Paulino Damião|Edições Novembro

Quem lá for, vai assistir a um "diálogo poético" entre duas figuras de referência no panorama da poesia angolana. José Luís Mendonça e Lopito Feijóo partilham uma sólida amizade há décadas, alimentada por uma partilha  ideológica na qual está patente a consciência crítica sociocultural. Uma profunda cumplicidade que remonta aos tempos em que, como recorda José Luís Mendonça,  dividiam os dias e a vida entre o INALD, o suplemento Vida & Cultura, o sofá castanho da Livraria  Lello, a Galeria do Tirso Amaral e o bar A Nau. “Tudo caminhos de uma outra Luanda, com sabor a histórias por contar, que nós púnhamos nas sebentas da poesia, dando um pulo à cervejaria Biker, ou à barbearia que lhe fica ao lado. (…) Foi assim que sugeri que a nossa geração deveria  ser chamada a Geração do Vida & Cultura”.  Os poetas pretendem dar voz à poesia já publicada e também apresentam ao público poemas  inéditos.  Será  apresentada poesia de cunho histórico, social e político, que evoca memórias da guerra  em Angola e as suas nefastas repercussões, particularmente a destabilização humana. São também abordados temas ligados ao contexto social e ao quotidiano de uma Angola em paz.  A poesia intimista ou de reflexão filosófica também fará parte do recital. A poesia será acompanhada e intercalada com temas musicais protagonizados  pelos músicos Costa Maweza (canto e viola), Makuma Mambo (kisanji) e Dalú Roger (na percursão).

Tempo

Multimédia