Gente

Músico Robertinho apela ao dever cívico

O músico angolano Robertinho apelou na sexta-feira, na III Trienal de Luanda, à sociedade, principalmente a juventude, a aderir ao registo eleitoral por ser um dever cívico.

Fotografia: Eduardo Pedro

Para Robertinho, a participação no processo de registo eleitoral, constitui um compromisso de todos os angolanos para com a paz e a democracia. Fernando Lucas da Silva, nome civil de Robertinho, destacou-se na década de 80. Depois de um longo período afastado dos palcos e das gravações, retomou a carreira neste século.

Tempo

Multimédia