Gente

O adeus de Afrikkanitha a Randy Weston

A cantora Afrikkanitha mostrou-se triste com o desaparecimento físico do pianista americano Randy Weston, ocorrido no sábado, em casa, nos Estados Unidos da América (EUA).

Fotografia: DR

Numa nota endereçada aos seus seguidores, Afrikkanitha mostra-se triste e valoriza a capacidade artística do pianista americano Randy Weston, falecido aos 92 anos. Randy Weston era considerado uma espécie de embaixador da música africana no mundo, apesar de ter nascido em Nova Iorque, em Abril de 1926, e de ter feito carreira nos Estados Unidos ao lado de outras lendas do jazz, como o trompetista Kenny Dorham e o saxofonista Cecil Payne (nos anos 50). Randy Weston foi um dos primeiros a reconhecer a contribuição da música africana na formação dos géneros “blues”, “jazz” e da bossa nova, brasileira.

Tempo

Multimédia