Gente

O outro lado da Gente | António Correia

António Correia é jornalista e apresentador de televisão na TV zimbo. Queria ser padre, mas o destino retirou-o do seminário, colocando-o no mundo do jornalismo. Nos dias de hoje, o nosso convidado é um dos principais rostos dessa cadeia televisiva e está ligado às actividades desportivas. O seu sonho é marcar positivamente a vida das pessoas.

António Correia.
Fotografia: Edições Novembro |

Nome? António Correia.

Idade? 
26 anos.

Data de nascimento? 
17/11/1991.

Naturalidade?
  Malanje.

Estado civil?
  Solteiro.

Filhos? 
Nenhum.

Calçado?
  45.

Ocupação:
  Estudante e jornalista.

Sonhos? 
Marcar positivamente a vida das pessoas.

Sente-se realizado?
Estou muito perto disso.

Tem carro próprio?
Tenho, sim.

E casa? 
Também tenho.

Que importância têm as mulheres para si?
Entendo-as como seres que conferem aos homens o que não conseguem transmitir a si mesmos, em diferentes aspectos, objectivos e subjectivos.

Como se veste de segunda a sexta feira?
Sigo a tendência normal diária. De segunda a quinta-feira, algo mais formal e na sexta, um pouco mais descontraído.  

E aos fins-de-semana? 
Tipicamente descontraído, à maneira desportiva.

Usa roupa de marca? 
De facto.

Qual é a sua cor preferida?
  Azul.

Qual é a marca de perfume que usa?
Amouage.

Acredita em forças ocultas?
  Não. Acredito em homens que fazem e não fazem. A única realidade metafísica em que acredito é o supremo, a quem se dá o nome de Deus.

Onde passa as férias?
  Em diferentes lugares, podendo ser no país ou no exterior. Nunca em casa.

Cidade predilecta?
Paris.

Virtudes:
Simplicidade.

Defeito:
Teimosia.

Ídolo: 
Todos que se comprometem com a valorização da dignidade da pessoa humana, defendendo os ideais mais nobres da humanidade.

Livro:
”Os Lusíadas”.

Escritor:
Mia Couto.

Uma boa companhia?
  A minha noiva.

Músico? 
Não há um, de facto. Prefiro todos cujo conteúdo acrescenta alguma coisa ao meu viver.

Comida?
  Arroz e feijão com algum grelhado.

Bebida?
  Coca-Cola.

Sabe cozinhar?
Infelizmente, não.

É ciumento? 
Considero-me equilibrado neste aspecto.

Que tipo de desporto mais aprecia?
Futebol, basquetebol e desporto motorizado.

Qual é o clube que apoia? 
Petro de Luanda, Sport Lisboa e Benfica, Real Madrid e todas as equipas orientadas por José Mourinho.

Alguma vez mentiu? 
Sim. Várias vezes.

Já foi enganado?
Inúmeras vezes.

E como reagiu?
Foram reacções marcadas por um sentimento de culpa, por ter confiado em alguém que não soube honrar como prometera.

Qual é o ano que mais o marcou?
2012.

Por quê?
Por ter sido o ano em que entrei na TV Zimbo.

O que acha da corrupção?
Um mal que não só retira a credibilidade de instituições, mas também a dignidade da pessoa, individualmente.

Da homossexualidade?
Não concordo que seja tida como uma forma obrigatória na sociedade, estabelecendo-a como uma norma. Tendo noção da liberdade das pessoas, respeito a opção, sem discriminação.

E da poligamia? 
Uma forma diferente de as pessoas formarem sociedades, no sentido restrito do termo. Desde que não se coloque em causa o bem “família”, o fenómeno pode ser funcional.

Tempo

Multimédia