Gente

O outro lado da Gente | Lukénia Fernandes

Lukénia Costa Fernandes é a nova detentora da coroa de Miss Comunidade dos Países de Língua Oficial Portuguesa (CPLP). Dona de uma beleza fora do comum, Lukénia Frenandes será o rosto de Angola, no concurso de beleza Miss CPLP 2016, cuja gala acontece nos próximos meses em Portugal. É esta a figura que retratamos na presente edição de O Outro Lado da Gente.

Nome: Lukénia Costa Fernandes.

Idade:
19 anos.

Data de nascimento:
19.04.1997.

Calçado:
38 ou 39.

Ocupação:
Estudante.

Naturalidade:
Cuando Cubango.

Estado civil:
Solteira.

Filhos:
Não tenho.

Comida:
Mufete.

Bebida: Sumo de laranja.

Tem carro próprio:
Não.

E casa:
Não.

Sente-se realizada:
Ainda não.

Sonhos:
Sonho em me formar na área de Direito e futuramente almejo ser juíza.

O termo mulher, o que significa para si:
Ser mulher é ser pai e mãe ao mesmo tempo, é ser forte por fora e frágil por dentro. É desenvolver
várias actividades na mesma hora. Ser mulher é estar na linha da frente.

Como se veste aos fins de semana:
Visto-me de acordo a ocasião.

Aos fins-de-semana:
Dependendo do meu programa.

Usa roupa de marca:
Sim uso.

Cor preferida:
Branca e preta.

Qual é o perfume que usa:
Lá Vie Est Belle.

Acredita em forças ocultas:
Sim.

Como reage a elas:
Orando.

Onde passa as férias:
Não tenho muitas opções. Passo em casa com a família. />
Cidade predilecta:
Rio de Janeiro.

Virtudes:
Perseverança.

Defeito:
Ser orgulhosa.

Vício:
Nenhum.

Ídolo:
Meu pai.

Livro:
A culpa é das estrelas.

Escritores:
John Green.

Uma boa companhia:
A minha família.

Músico:
Kid Mc, Pérola e Beyonce.

Comida:
Sem grandes preferências.

Bebida:
Sumo natural de laranja.

Sabe cozinhar:
Sei.

O quê, por exemplo: De tudo um pouco.

É ciumenta:
Muito.

Desporto preferido:
Andebol.

Clubes:
Petro de Luanda e Barcelona.

Alguma vez já mentiu:
Sim.

Já foi enganada:
Sim.

Anos que mais a marcaram: 
2008, 2015 e 2016.

Porquê:
Em 2015, tive o título de segunda dama de honor e Miss fotogenia no concurso Miss Cuando Cubango.

O que acha da corrupção:
Corrupção é o acto ou efeito de se corromper. Um mal.

Homossexualidade:
Respeito muito os homossexuais, penso que cada um é livre para ser, ou fazer aquilo que quer e deve-se respeitar.

Poligamia:
Não apoio, mas respeito quem assim o faz.


Tempo

Multimédia