Gente

O outro lado da Gente | Manuel Fiel

Manuel Francisco Fiel é o maestro do coral Monte Sinai, da Igreja Metodista Unida de Monte Sinai e autor do louvor "Onde estava eu", que venceu o prémio de melhor música gospel do ano de 2016, no concurso Top Rádio Luanda. Licenciado em Ciência Política, Nelas Bronson, como é carinhosamente tratado pelos mais próximos, sonha ser um produtor musical e cultural reconhecido internacionalmente.

Fotografia: Edições Novembro |

Nome: Manuel Francisco Fiel.

Idade:
36. 

Data de nascimento: 21/11/1981.

Naturalidade: Ndalatando, Cuanza-Norte, município de Cazengo. 

Estado Civil:
Casado com Juliana Fiel. 

Filhos: Dois. Renato Fiel e Sukula Fiel. 

Calçado: 39. 

Ocupação: Funcionário público. 

Sonhos: Quero crescer profissionalmente e ser um grande produtor musical e cultural reconhecido internacionalmente.

Sente-se realizado?
Não, ainda não me sinto realizado.

Tem carro próprio? Sim, tenho.

E casa? Ainda não tenho casa própria.

Que importâncias têm as mulheres para si ?
Para mim, mulher é vida. É o verdadeiro símbolo do amor. Por isso, elas deviam estar mais preocupadas em ocupar o seu verdadeiro papel na sociedade e não viverem sob o jugo da ditadura da beleza e do modernismo. A mulher representa a força e a dedicação. 

Como se veste de segunda a sexta-feira?
De segunda a quinta apresento-me formalmente.

E ao fim-de-semana?
De sexta a domingo visto-me informalmente. 

Usa roupa de marca?
Sim, apenas em algumas ocasiões. Não sou um seguidor fiel de marcas.

Qual é a sua cor preferida?
Azul. 

Qual é a marca de perfume que usa?
M7.

Acredita em forças ocultas? Não, não acredito em forças ocultas. />
Onde passa as férias?
Fora de Luanda. Gosto de passear por Angola. 

Cidade predilecta?
Nova Iorque.

Virtudes: Atencioso.

Defeito: Sou muito teimoso.

Ídolo:
  Michael Jackson.

Livro: "Liderar é Servir", de Jhon Max Wel.

Escritor:  Jhon Max Wel.

Uma boa companhia?
Os meus amigos.

Músico? Joyous Celebration.

Comida?
Mufete.

Bebida? Sumo natural de laranja.

Sabe Cozinhar?
Não, não sei cozinhar.

É ciumento? Sim, sou muito ciumento.

Que tipo de desporto mais aprecia?
Futebol.

Qual é o clube que apoia? Petro Atlético de Luanda.

Alguma vez mentiu?
Sim, já muitas vezes menti.

Já foi enganado? Sim, já fui enganado. 

E como reagiu? Senti-me frustrado.

Qual é o ano que mais o marcou? 2013.

Por quê? Porque foi o ano em que veio ao mundo o meu primeiro filho. Foi muito marcante.

O que acha da corrupção? A corrupção é um mal que afecta todos os países, por isso deve ser combatido. Ela retarda o crescimento de qualquer sociedade.

Da homossexualidade? É uma questão pertinente. Não é necessário haver tabu para a abordarmos, mas os meus princípios a condenam. 

E da poligamia?
Também.

Tempo

Multimédia