Gente

O Outro Lado da Gente|Bebé Duia

Bebé Duia é uma referência como baterista da banda musical, que forma com os irmãos, baptizada com o nome "Irmãos Duia". Filhos do falecido pai da guitarra angolana, Eduardo Garcia Adolfo "Duia", que também é seu ídolo. O músico se assume como um homem de mãos cheias, na cozinha, e tem como sonho ver os seus filhos formados. Gente traz para presente edição, o Outro lado da Gente de Bebé Duia.

Fotografia: DR

Nome: Eduardo Emanuel Bernardo Garcia Adolfo “Bebé Duia”.

Idade:
42 anos.

Data de nascimento:
28 de Outubro de 1974.

Calçado:
40.

Ocupação:
Músico.

Naturalidade
: Luanda.

Estado Civil:
Casado.

Filhos:
Quatro rapazes.

Sonhos:
São muitos. Os que mais persigo são formar os meus filhos e dar continuidade à minha formação.

Sente-se realizada:
Ainda não.

Tem carro próprio:
Já não tenho.

E casa:
Ainda não tenho.

Que importâncias têm as mulheres para si:
São a razão da nossa existência, porque o criador do mundo deu a elas o poder de gerar vidas. São o mundo, o sol e a lua.

Como se veste de segunda a sexta-feira:
Informal. Calças de ganga (jeans), camisa ou camisola,  ténis ou sapatilhas. 

Aos fins-de-semana:
Depende da ocasião. Mas normalmente me apetrecho porque são os dias que tenho muitas actividades. Quando for numa gala me visto a rigor.

Usa roupa de marca:
Gosto.

Qual a sua cor preferida:
Azul e branco.

A marca de perfume que usa:
Gucci.

Acredita em forças ocultas:
Não. acredito apenas na existência de um criador e protector da humanidade.

Onde passa as férias:
Numa das províncias de Angola ou fora de país quando há possibilidades. Senão passo mesmo em Luanda.

Virtudes:
Conselheiro.

Defeito:
Protector e defensor dos meus independentemente de estarem errados.

Vício:
A música.

Ídolo:
Meu pai (Eduardo Garcia Adolfo “Duia”) e Mike Tyson.

Livro: 
“Pétalas Rasgadas”.


Escritor:
Kanguimbo Ananás.

Uma boa companhia:
A minha esposa.

Músico:
Paulo Flores, Eduardo Paim, Konde e Yola Semedo.

Comida:
Carne Seca com banana-pão e batata-doce.

Bebida:
Água e Whisky.

Sabe cozinhar:
Sei sim.

Se sabe, o quê por exemplo:
Sei cozinhar muitos pratos da culinária angolana e de outros países com qualidade.

É ciumento:
Sou sim, mas não compulsivo.

O que acha dos homens que batem nas mulheres:
Devem reflectir muito porque estão a cometer crime.

Desporto:
Judo, basquetebol e boxe.

Clube:
1.º de Agosto.

Alguma vez mentiu:
Já sim. Fi-lo por necessidade.

Já foi enganado:
Também já. Reagi sem agressividade porque procurei perceber as motivações que o-a levaram a pautar por esse comportamento.

Ano que mais a marcou:
2008.

Porquê:
Foi o ano que consegui organizar a minha vida sem sobressaltos porque tinha mais de um emprego.

O que acha da corrupção:
É das práticas mais feias que existem. Destrói sociedades, trava o desenvolvimento e aumenta o sofrimento de milhares.

Da homossexualidade:
Não gosto, mas respeito as opções de cada um.

E da poligamia:
Depende da circunstância. Encaro com normalidade se ambas as partes concordarem e estiverem felizes.

Tempo

Multimédia