Gente

O outro lado da Gente|BETINHO FEIJÓ

Alberto Cardoso de Andrade Feijó é um nome indissociável da música angolana. Trata-se de um dos principais rostos da equipa artística que acompanha o músico Barceló de Carvalho, Bonga. Nasceu no dia 26 de Outubro de 1960, em Luanda, e começou na música com 11 anos, nos “Tópicos do Ritmo”, no bairro Cazenga. No seu recente regresso às origens, Betinho Feijó esteve com a reportagem da Gente e desvendou-nos alguns detalhes do seu outro lado.

Fotografia: Arquivo do Artista

Nome? Alberto Cardoso de Andrade Feijó, conhecido nas lides artísticas como Betinho Feijó.
Data de nascimento? 26.10.1960.
Naturalidade? Luandense.
Filiação? Caetano da Silva Feijó e Madalena Augusto Cardoso de Andrade Feijó.
Calçado? Número 39.
Ocupação? Músico.
Estado civil? Casado.
Filhos? Cinco filhos.
Sonhos? Instalação de um estúdio de gravação áudio em Angola e abertura de uma escola de formação em música.
Sente-se realizado? Não.
Tem carro próprio? Tenho.
E casa? Tenho casa própria.
Como se veste de segunda à sexta-feira? Visto-me de forma casual, excepto quando vou a uma cerimónia, opto pelo traje formal.
E aos fins-de-semana? Visto-me de acordo com o local onde for.
Faz uso de roupa de marca? Sim.
Cor preferida? Não tenho predilecção única.
Qual é a marca do perfume que usa? Azzaro, Nao, Calvin Klein, Jean Paul Gaultier e Paco Rabanne.
Acredita em forças ocultas? Não.
Alguma vez foi aliciado? Sim.
Como reagiu? Com ponderação e eficácia.
Onde passa as férias? Luanda, Paris, Madeira, Barcelona, Madrid, Porto e Havana.
Cidade preferida? Luanda.
Virtude? Respeitável, solidário e afável.
Defeito? Tímido, exigente, sensível, optimista e persistente.
Vício? Dependência laboral.
Livro? “Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas”, de autoria do escritor Dale Carnegie.
Escritores? Agostinho Neto, Lopito Feijó, Luís Kandjimbo, Kanguimbo Ananaz, Pepetela, Manuel Rui Monteiro e Jorge Amado.
Uma boa companhia? A família e amigos de peito.
Músicos? Bonga, Manu Dibango, André Mingas, Rui Mingas, Michael Jackson, Bob Marley, Fela Kuti, Belmiro Carlos, Boto Trindade, Tedy, Mogue, José Keno, Marito, Constantino, Mukuna, Santos, Mingo, Zeca Tirileny, Baião, Chico Montenegro, Moreira, Garnacho, Dinho, Nanutu, Miqueias, Mestre Kituxe, Mestre Kamoço, Tony do Hungo, Joãozinho Morgado, Beto Monteiro, Dalu Roger, Zecax, David Zé e Urbano de Castro.
Comida?  Funje de bagre, menha ndungo, carne de pacaça seca, calulu, feijão e cacusso grelhado.
Bebida? Sumos naturais e água.
Sabe cozinhar? Sim, mas com limites.
É ciumento? Sou um pouco ciumento.
Desporto? Futebol.
Clube? 1º de Agosto e Sporting de Portugal.
Alguma vez mentiu? No passado dia 1 de Abril.
Já foi enganado? Sim, sobretudo nas circunstâncias em que não encontrava pessoas leais.
Ano que mais o marcou? 1975.
Porquê? Foi o ano que nos livramos das garras do regime colonial.
Deputado ou ministro, qual dos dois cargos escolheria? Deputado.
Porquê? Como deputado, teria a possibilidade de contribuir com maior abrangência na resolução dos problemas do povo. Como membro eleito pelo povo para representá-lo no Parlamento e gozando de poder legislativo, seria incansável na luta para as decisões mais prementes que assolam o povo angolano.
O que acha da corrupção? A corrupção é o descumprimento de uma prática legal, cingindo-se pelo abuso de poder ou por estímulos egocêntricos. Considero-a como uma atitude insociável e impiedosa. Com o crescimento no apego pelos bens materiais, as sociedades degradam-se progressivamente porque a corrupção é uma das vertentes inerentes à mesma e com índices significativos.  A corrupção é ruim e nociva, por isso, deve ser punida e banida.
Homossexualidade?Fenómeno que ganha grande visibilidade e uma crescente aceitação social no mundo. Embora respeite as diferenças, não recomendo o seu recurso.
Poligamia? Com o desenvolvimento das sociedades, a poligamia tende a reduzir significativamente. Esta multiplicidade de cônjuges é de origem cultural e ainda é uma realidade em alguns países.

Tempo

Multimédia