Gente

O outro lado da Gente|Donzela Figueira

Donzela Figueira é agente de 1.ª Classe da Polícia Nacional. Destacada na Unidade de Protecção de Individualidades,sonha ser comandante-geral da Polícia Nacional. É viciada nos noticiários da rádio e televisão. Além da Bíblia Sagrada, gosta de ler as obras literárias do jornalista e escritor Luís Fernando e ouvir a música de Yola Araújo e Ary.

Nome: Donzela Francisco Tiago Figueira.

Ocupação:Agente da Polícia.

Estado Civil:
Solteira.

Filhos:
Dois.

Sonho:
Ser comandante-geral da Polícia Nacional.

Sente-se realizada:
Ainda não.

Tem casa própria:
Não.

Que importância têm os homens na sua vida:
Julgo ser um mal necessário.

Como se veste de segunda a sexta-feira:
Geralmente estou fardada, raramente varia.

E nos finais de semana:
“Leggings” e calções de ganga.

Usa roupa de marca?
Uso muito.

Cor preferida:
Vermelho.

Marca de Perfume:
“Black”.

Acredita em forças ocultas:
Não.

Onde passa as férias:
Na cidade do Huambo.

Cidade preferida:
Lisboa.

Virtude:
Frontalidade.

Defeito:
Não gosto de falsidade.

Ídolo:
O meu irmão Armando, Yola Araújo e Ary.

Vício:
Acompanhar noticiários pela rádio e televisão.

Livro:
“Bíblia Sagrada”.

Escritor:
Luís Fernando.

Uma boa companhia:
Os meus filhos e os meus irmãos.

Comida:
Calulú com feijão de óleo de palma.

Bebida:
Água.

Sabe cozinhar:
Sei, muito bem.

O quê, por exemplo?
Funje de bombó e cabidela de galinha.

É ciumenta:
Sim, muito.

Bate nos homens?
Não, mas se pudesse, batia.

Porquê?
Porque há homens falsos e mentirosos.

Desporto:
Gosto de basquetebol.

Clube:
1º de Agosto.

Já foi enganada:
Muitas vezes.

Ano que mais a marcou:
2016.

Porquê:
Porque foi o ano em que perdi a minha mãe.

O que acha da corrupção:
Mal que deve ser combatido com  vigor.

Homossexualidade:
Cada um é livre de pensar e de fazer o que quiser da sua vida.

Poligamia:
Sou contra.

Tempo

Multimédia