Gente

O outro lado da gente/Gaspar Neto

Gaspar Domingos Neto é um dos nomes que tem vindo a conquistar o cenário musical gospel, em Luanda. Oriundo do município do Cazengo, província do Cuanza-Norte, Gaspar Neto é conhecido nos meandros artísticos com o pseudónimo de  “GN”. É o autor das músicas “Quem Tem Ouvido Ouve” e “O Que O Espírito Diz Às Igrejas”. Tem nas obras literárias dos escritores Pepetela e Uanhenga Xitu as suas preferências em termos de leitura. Saiba um pouco sobre o jovem músico religioso Gaspar Domingos Neto.

Fotografia: Eduardo Pedro|Edições Novembro

Nome? Gaspar Neto “GN”.
Ocupação? Técnico de Frio.
Profissão? Técnico Médio do Frio.                                                                
Data de nascimento?
3 de Outubro de 1984.
Idade? 30 anos.
Calçado? 39/40
Naturalidade?
Município do Cazengo, província do Cuanza-Norte.
Estado civil? Solteiro.
Filhos? Quatro.
Sonhos? Escrever um livro sobre a minha vida com o tema “O meu testemunho”.
Sente-se realizado? Não.
Tem carro próprio? Sim.
Tem casa? Sim.
Que importância têm as mulheres para si? As mulheres são especiais. Elas são mães, conselheiras e esposas.
Como se veste de segunda a sexta? Não tenho preferências, quanto a vestimentas.
E aos fins-de-semana?
Não tenho preferências.
Usa roupa de marca? Sim, toda a roupa tem uma marca.
Cor preferida: branca? Branca e cinzenta.
Qual é a marca de perfume que usa? Nívea.
Acreditas em forças ocultas? Acredito. Elas existem.
Como reage a elas? De forma natural. Não tenho medo delas porque tenho Jesus Cristo com o  protector, acima d’Ele não há mais ninguém, sou revisto pelo poder do Espírito Santo.
Onde passa as férias?
Em Angola.
Cidade predilecta? Huambo ou Huíla.
Virtude? Ser honesto, responsável e ter amor ao próximo.
Defeito? Falar a verdade e reconhecer quem faz o bem.
Vício? Cantar e tocar viola.
Ídolo? Jesus Cristo.
Livro?  “Jaime Bunda e a Morte do Americano” e a “Bíblia Sagrada”.
Escritor?
Pepetela e Uanhenga Xitu.
Músico? Não tenho preferência. Gosto de ouvir e ver cantar os músicos gospel.
Uma companhia?
A minha esposa e a família.
Bebida? Água.
Comida? Funji com kizaca.
Sabe cozinhar? Não.
É ciumento? Sim.
O que acha dos homens que batem mulheres? Infelizmente, estes não são homens diante de Deus e perante a sociedade. E dou graças a Deus, desde que me converti a Jesus Cristo, já não consigo bater nela.
Desporto? Futebol.
Clube? Petro de Luanda.
Alguma vez mentiu? Sim.
Já foi enganado? Muitas vezes. 
Como reagiu? Reagi com calma, sem nervosismo.
Ano que mais o marcou? 2012 e 2013.
Porquê? Este é o ano em que aceitei Cristo como Senhor e Salvador.
O que acha da corrupção?
A corrupção é um mal que está a destruir a nossa sociedade e o mundo. E vivemos a realidade no nosso país.
Homossexualismo? É a prática que não agrada a Deus. Sou, porque é obstáculo sobre a palavra de Deus. Está escrito que um homem casará com uma mulher e não com homem igual. 
E da poligamia?
É a mesma coisa. Um homem deve ter apenas uma mulher. Também a mulher deve casar-se com um único homem.

Tempo

Multimédia