Gente

Os eternos amores do homem do jazz

Jerónimo Belo celebrou no passado dia 24 o 70º aniversário natalício e aproveitou a ocasião para revelar os seus amores eternos.

Fotografia: Paulo Mulaza | Edições Novembro

O promotor de jazz, também conhecido como Gegé Belo, ele próprio um músico, radialista e autor de artigos de imprensa, disse em nota de agradecimento pelas felicitações recebidas que teve o privilégio de partilhar a data com duas pessoas especiais na sua vida: Magui e Jazz. “Posso asseverar-vos que foi um dia bem passado, sobretudo em companhia dos meus eternos amores (Magui e Jazz), e em que revivi lembranças de cada um e de todos os amigos, sobretudo dos Jazz lovers, em honra e à saúde de quem ergui um copo do mais puro cristal, contendo o mais doce Mahine do Sul e o mais belo mar azul de Angola, como diria o nosso poeta Manuel Rui”, realça a nota. Gente aproveita o momento para desejar votos de saúde e felicidades a Gegé Belo.

Tempo

Multimédia