Gente

Osvaldo Gonçalves partilha saber com estudantes

Os estudantes do curso de Língua Portuguesa e Comunicação da Universidade Metodista de Angola (UMA) tiveram uma manhã diferente na quinta-feira, ao receberem o jornalista Osvaldo Gonçalves, que  proferiu uma palestra dirigida aos futuros comunicadores. Subordinada ao tema “Jornalismo, escrita jornalística, vivências e experiência”,  a palestra prendeu a atenção de todos os estudantes.

Fotografia: DR


O prelector usou da sua vasta experiência para transmitir alguns ensinamentos aos aspirantes a essa profissão. Entre os vários temas abordados, foram destacados os valores da notícia. Sobre este assunto, Osvaldo Gonçalves condenou a forma como alguns jornais, ao publicarem notícias sobre acidentes e ataques de terroristas em determinados locais, reduzem o valor das pessoas ao número.
Osvaldo Gonçalves recordou que “o valor humano é superior ao número” e acrescentou que tais notícias teriam outro impacto se o jornalista tivesse o cuidado de dirigir-se à casa de um dos mortos para ver em que estado fica uma mãe que perde um filho.
 Um outro assunto que também não escapou aos olhos do veterano jornalista e chamou muito a atenção dos estudantes tem a ver com os assuntos que constituem elemento para o jornalismo de investigação. Diferente do que tem sido a tendência, Osvaldo Gonçalves disse não constituir apenas tema para o jornalismo de investigação aqueles de carácter político, mas também os  de cariz cultural, como rituais, cujo processo de preparação é desconhecido pela maioria.
A palestra, que teve a duração de duas horas, foi organizada pela coordenação do curso. Gente esteve lá e gostou de ver o interesse dos estudantes em ouvir uma das maiores bibliotecas vivas do jornalismo angolano.

Tempo

Multimédia