Gente

Precursores do semba homenageados na Muximangola

Uma viagem ao passado. Assim se caracterizou, com emoção e nostalgia, a singela homenagem a título póstumo aos cantores Nito Nunes e Quim dos Santos.

Homenagem a título póstumo aos cantores Nito Nunes e Quim dos Santos
Fotografia: JA

Apesar de essas duas figuras emblemáticas terem percursos de vida e artístico diferentes, não deixaram de ser um dos “simbolismos” da cultura nacional, da música em geral e da preservação das raízes da Kissama. Foi assim que os Amigos da Kissama (Unakissama) e o Movimento Nacional Espontâneo (MNE) tiveram a ideia de prestar tributo a esses “dinossauros” da música urbana angolana, na tarde do último domingo, no Complexo Muximangola, no bairro Camama, em Luanda, no âmbito do programa “Roda do Semba”. O cheiro bom dos pratos típicos e quitutes da terra fizeram as delícias da assistência, enquanto decorria um espectáculo com a participação de Lulas da Paixão, Guilhermino, Augusto Chacaya, Eddy Tussa e Baló Januário, que permitiu recordar as duas figuras precursoras do semba. A distinção a Nito Nunes e a Quim dos Santos ficou marcada com a entrega de diplomas de mérito e a quantia de 500 mil kwanzas às famílias dos malogrados, numa cerimónia presenciada pelos presidentes do MNE, Justino Fernandes, e do Conselho de Administração (PCA) da Endiama, António Carlos Sumbula, dos administradores dos municípios de Belas e da Quissama, Mateus da Costa “Godó” e Vicente Soares, e membros da Unakissama. Gente felicita a organização pela brilhante iniciativa. As imagens foram gentilmente cedidas pelo Africano Sebastião.

Tempo

Multimédia