Gente

Rei Filipe condecora angolano pela lealdade e dedicação

Há mais de 23 anos que Agostinho Joaquim Hebo trabalha na residência da Embaixada de Espanha em Luanda.

Trabalho discreto, mas sempre de enorme utilidade para a tarefa de um embaixador. As mais de duas décadas de trabalho continuado e leal a Espanha e Angola mereceram a Agostinho Hebo o reconhecimento das autoridades espanholas. O Rei de Espanha, Filipe VI, decidiu outorgar ao angolano a Ordem do Mérito Civil, que premeia as virtudes cívicas dos funcionários ao serviço de Espanha, assim como os serviços extraordinários dos cidadãos espanhóis e estrangeiros a bem do país. A Ordem do Mérito Civil foi instituída pelo Rei Afonso XIII pelo Decreto Real de 25 de Junho de 1926. O acto de entrega ocorreu na residência da Embaixada de Espanha, em Luanda, na presença de familiares amigos e colegas. A embaixadora, Julia Olmo recordou que o soberano espanhol decidiu premiar a trajectória, a sua lealdade, dedicação e habilidade de Joaquim Hebo.  

Tempo

Multimédia