Gente

Rosa Roque o desabafo da mentora das Gingas do Maculusso

A directora artística do grupo As Gingas do Maculusso, Rosa Roque, não ficou indiferente ao desaparecimento físico de figuras ligadas ao nosso mosaico artístico como El Belo, Mário Silva do agrupamento musical Kissanguela, e muito recentemente da cantora Chó do Guri.

Fotografia: João Cunha


Num artigo curto intitulado “Artistas...Silenciados!!”, Rosa Roque, manifesta o seu desagrado e tristeza, pelo desaparecimento físico de nomes emblemáticos da nossa música. A nota realça que, num curto intervalo, nomes consagrados da nossa música desapareceram  de forma imprevisível. “Num curto intervalo de tempo, deixaram o nosso mundo, mais dois nomes do mundo da música. Ambos pertencentes ao emblemático grupo musical revolucionário Kissanguela. Refiro-me ao El Belo e Mário Silva, grandes compositores. Pena mesmo é que, como é habitual entre nós, os homens terem mesmo passado despercebidos. Espero sinceramente por políticas mais concretas, para inversão desse quadro e que descansem em paz, El Belo, Mário Silva e também a escritora Chó do Guri que acaba de nos deixar. Afinal, todos partiremos um dia”, realça nota da criadora do agrupamento musical Gingas do Maculusso. 

Tempo

Multimédia