Gente

Tânya Garcia incentiva gosto pela leitura em Ndalantando

Tânia Garcia, esteve na cidade jardim de Ndalantando, a capital da província do Cuanza-Norte.

Tânia Garcia esteve na cidade jardim de Ndalantando
Fotografia: Bany Guedes

A presidente da Fundação Sol, na cidade jardim, foi convidada a participar da gala de distinção dos vencedores do concurso literário infanto-juvenil "Quem me dera ser onda". Tânia Garcia, distinguiu os melhores desta iniciativa conjunta da União dos Escritores Angolanos (UEA), Ministério da Educação e Fundação Sol. O vencedor da presente edição foi o jovem, Afonso Luzingo, autor do trabalho "O menino da aldeia". Santiago Cacala, com o trabalho "A vida de Victor", ficou na segunda posição, enquanto Gildo João, autor de "Nódoa da vida" conquistou o terceiro lugar. A cerimónia de premiação, contou com as presenças do governador da província, José Maria Ferraz, do escritor Manuel Rui e de Tânya Garcia, da Fundação Sol.

Tempo

Multimédia