Gente

Viteix no imaginário de Lino Damião

Lino Damião é dos poucos artistas plásticos que eleva a figura de Viteix. A provar a sua pegada e inspiração pelas linhas e traços de Viteix, Lino Damião tem expostas, desde o passado dia 24,  no Camões- Centro Cultural Português, em Luanda, uma colecção de pinturas em tela denominada "Restos", numa homenagem ao seu "grande mestre" de artes plásticas.

Fotografia: Paulino Damião

Com esta exposição, Lino Damião comemora o 25.º aniversário da morte de Viteix, nome artístico de Vítor Manuel Teixeira, nascido em 1940, em Luanda, e falecido a 10 de Maio de 1993. Estudou Artes Plásticas em Angola e Portugal, tendo em seguida rumado a Paris, onde concluiu, em 1973, a Maîtrise em Artes Plásticas. Iniciou a  carreira docente na Escola Industrial de Luanda e, após a Independência de Angola, o artista orientou o primeiro curso de instrutores de artes plásticas no “Barracão” e, mais tarde, na União Nacional de Artistas Plásticos (UNAP). A objectiva de Paulino Damião “50” registou vários momentos da actividade.

Tempo

Multimédia