Gente

Waldemar Bastos faz furor em Almada

Waldemar Bastos consta dos músicos que integram o 34.º Festival de teatro, uma edição em que a direcção do certame apresenta 27 espectáculos de sala. O concerto do músico angolano, decorreu na esplanada da Escola D. António da Costa.

Quarenta e quatro produções de teatro, dança e música, preenchem o programa do 34.º Festival de Almada. Do total da programação, 27 são espectáculos de sala, 13 dos quais portugueses. Destes, cinco estreiam-se no certame, a decorrer até 18 de Julho. Waldemar dos Santos Alonso de Almeida Bastos, conhecido como Waldemar Bastos, nasceu em MBanza Kongo, província do Zaire, a 4 de Janeiro de 1954. Começou a cantar ainda criança, utilizando instrumentos do seu pai. Após a independência de Angola em 1975, emigrou para Portugal, com 28 anos de idade. Publicou vários CD, como “Estamos Juntos”, 1983,“Angola Minha Namorada”, 1989,”Pitanga Madura”, 1992, “Pretaluz”, 1997, “Pretaluz-blacklight (Luaka Bop)" e “Love Is Blindness”, 2008.

Tempo

Multimédia