Gente

Yola chama mestre a Eduardo Paim

Depois de ter gravado, a convite do autor, Eduardo Paim, o sucesso “É tão bom”, que nos anos 90 fez dançar milhares de angolanos e estrangeiros na voz de Dady Rodrigues, Yola Semedo, cuja voz e habilidades musicais provaram, uma vez mais, o seu enorme talento, usou as redes sociais para agradecer aos fãs o facto de terem aprovado e aplaudido a nova versão da música.

Fotografia: Kindala Manuel

“É tão bom sentir todo esse apoio que tenho recebido.
Digam o que acham do vídeo e partilhem.” Os agradecimentos são extensivos ao colega, Eduardo Paim, a quem Semedo chamou mestre. “Ao grande mestre Eduardo Paim agradeço pela oportunidade de regravar este clássico. Foi uma grande responsabilidade. Muito obrigada pelo voto de confiança”, escreveu a Diva da música angolana.

Tempo

Multimédia