Mundo

300 pessoas detidas em manifestação para exigir libertação de Kamto

As forças da ordem camaronesas anunciaram a detenção de 300 militantes do Movimento para o Renascimento dos Camarões (MRC) em várias cidades do país, segundo noticiou ontem a AFP.

Fotografia: DR

As detenções decorreram domingo depois de manifestações pacíficas de elementos daquele grupo em protesto contra a chamada “fraude eleitoral” e também para exigir a libertação do líder, Maurice Kamto, detido desde 12 de Fevereiro na prisão central de Nkondengui. Face ao sucedido, o MRC anunciou uma segunda manifestação, em Yaoundé, aprazada para o próximo fim-de-semana.
Na semana passada, falando ao corpo diplomático o ministro dos Negócios Estrangeiros, Mbella Mbella, declarou que o debate sobre a eleição presidencial já está encerrado.
“Qualquer acção visando questionar a decisão do Conselho Constitucional, que proclamou o Presidente Paul Biya vencedor com 71,28
por cento dos sufrágios, é um atentado à ordem republicana.

Tempo

Multimédia