Mundo

Ataque do Boko Haram mata 23 pessoas perto da cidade de Maiduguri

Precisamente no mesmo dia em que completavam dez anos de sangrenta actividade, combatentes do grupo "jihadista" Boko Haram mataram, no sábado, 23 pessoas num ataque feito numa aldeia do Nordeste da Nigéria, após uma cerimónia fúnebre, segundo fontes locais.

Fotografia: DR

Segundo fonte policial local, citada pela AFP, os rebeldes chegaram em três motos e abriram fogo sobre um grupo de homens que regressava da aldeia vizinha, onde tinham participado em funerais, no distrito de Nganzai, a 90 quilómetros da capital regional, Maiduguri.

"Recebi informações dizendo que o Boko Haram tinha morto 23 pessoas perto de Badu Kuluwu esta manhã", afirmou o responsável que preferiu manter o anonimato.

Os corpos estavam a ser guardados pelas milícias e caçadores locais, depois de os sobreviventes terem dado o alerta sobre o ataque nas suas aldeias, descreveu um habitante, Saleh Masida.O Boko Haram está activo naquela zona onde leva a cabo regularmente ataques contra aldeias, pilhando víveres e incendiando casas.

 

Tempo

Multimédia