Mundo

Cólera mata no Uganda

O número de pessoas mortas por um surto de cólera no Uganda, que conta com mais de 1.400 infectados, subiu para 35, confirmaram quarta-feira, em campala, as autoridades sanitárias, citadas pela Prensa Latina.

Fotografia: EDIÇÕES NOVEMBRO

O surto foi reportado pela primeira vez no mês passado, no acampamento de refugiados de Kyangwali, no distrito de Hoima (centro-oeste), tendo se estendido por várias aldeias, sendo que a maioria dos infectados são refugiados congoleses.

 

 

Tempo

Multimédia