Mundo

Direitos Humanos no Togo pedem reacção internacional

Mais de 100 pessoas morreram durante manifestações políticas organizadas no Togo pela oposição para reclamar por reformas, ocorridas entre 17 de Agosto de 2017 e 20 de Janeiro de 2018, segundo os resultados dum inquérito oficial.

Fotografia: EDIÇÕES NOVEMBRO

Os autores do documento pedem à comunidade internacional para reagir vivamente às questões dos direitos fundamentais no Togo, face à repressão do governo no local cuja única ambição é conservar o poder.

Tempo

Multimédia