Mundo

Etiópia e Sudão superam tensões e criam força conjunta

Os exércitos da Etiópia e do Sudão assinaram um acordo para deixar para trás as tensões na zona fronteiriça e criar uma Força Armada conjunta para lutar contra o terrorismo e o tráfico humano, informaram ontem veículos de imprensa locais.

 

A rede de televisão privada "Fana", próxima ao Governo de Adis-Abeba, explicou que o acordo foi alcançado ontem, após meses de protestos por parte de activistas etíopes, que denunciavam que granjeiros sudaneses, apoiados pelo Exército, invadiam terras da Etiópia para cultivá-las.
Grupos armados locais e granjeiros etíopes mantiveram enfrentamentos com as forças sudanesas, às quais acusavam de realizar incursões em território estrangeiro.
Ambos países mantêm uma boa relação, embora com alguns pontos polémicos, como a enorme barragem que a Etiópia constrói no Nilo.

 

 

Tempo

Multimédia