Mundo

Ex-autarca ameaça recorrer aos tribunais para travar exoneração

A ex-autarca do município sul-africano de Thekwini, Zandile Gumede, ameaçou, ontem, em Pretória, reivindicar em tribunal a reintegração no antigo cargo, do qual foi afastada pelo Congresso Nacional Africano (ANC) por suposta corrupção, noticiou a Prensa Latina.

Fotografia: Dr

Segundo a agência, os relatórios mais recentes indicam que Gumede retirou a demissão que havia apresentado com a intenção de permanecer no cargo do município metropolitano da província de KwaZulu Natal, que inclui a cidade de Durban.
Afastada do cargo há três meses, após alegações persistentes de suposta corrupção e ligação com o crime organizado, Gumede também é acusada de participar numa fraude multimilionária numa licitação para a recolha de lixo. Um porta-voz do ANC no KwaZulu Natal disse que o partido não está intimidado pelas ameaças de Gumede e garantiu aos cidadãos daquele município que na próxima semana o seu substituto será nomeado.

Tempo

Multimédia