Mundo

Ex-embaixadora em Angola detida em Maputo

A antiga ministra do Trabalho e ex-embaixadora de Moçambique em Angola, Helena Taipo, foi hoje detida e levada pelo Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC) para uma penitenciária de Maputo. O seu advogado, Inácio Matsinhe, confirmou o facto, mas não aceitou dar mais detalhes à imprensa.

Fotografia: DR

Exonerada em Março do cargo de embaixadora de Moçambique em Angola, Helena Taipo é suspeita de ter recebido subornos de 100 milhões de meticais (1,4 milhões de euros) para favorecer empresas de construção civil e do sector gráfico em contratos com o Instituto Nacional de Segurança Social (INSS).

Os factos remontam a 2014, quando Helena Taipo era ministra do Trabalho e nessa qualidade tutelava o Instituto Nacional de Segurança Social (INSS). É arguida num processo que envolve cinco pessoas. Segundo a imprensa moçambicana, trata-se de mais um caso que vem confirmar as velhas suspeitas segundo as quais longe de ser uma instituição que cuida das poupanças de milhares de trabalhadores, o INSS transformou-se num saco azul para alguns dirigentes públicos.

Notícia em desenvolvimento...

Tempo

Multimédia