Mundo

Filho de Kadhafi candidato às eleições

Saif al-Islam, filho do antigo líder líbio Muammar Kadhafi, vai candidatar-se às eleições presidenciais da Líbia, que devem realizar-se no final do ano, informou o porta-voz de Islam.

Saif al-Islam está escondido e tem o apoio de líderes tribais
Fotografia: JRH Hashmio | DR

A candidatura vai acontecer não obstante o facto de o filho de Kadhafi se encontrar escondido desde que foi libertado em Junho do ano passado, depois de ter passado seis anos sob custódia de uma das milícias que opera na Líbia.
Saif al-Islam não é visto em público há cerca de três anos, talvez devido ao facto de ter um mandado de captura contra si apresentado pelo procurador Fatou Densouda, do Tribunal Penal Internacional.
A verdade, porém, é que nenhuma destas condicionantes parece impedir a candidatura presidencial, de acordo com o porta-voz do segundo filho de Kadhafi, Aymen Bouras.
“Saif al-Islam está na Líbia, em bom estado de saúde e brevemente vai aparecer em público, para apresentar oficialmente o seu programa eleitoral.”
“Saifal-Islam é o único capaz de juntar o apoio de todas as tribos do país. Agora já está claro que o que aconteceu em 2011 não foi uma revolução, mas uma conspiração estrangeira para que se apropriassem dos recursos da Líbia”, disse  o porta-voz.
Bouras explicou  que nos últimos meses vários delegados tribais têm percorrido o país para realizar campanha em nome de Saif al-Islam.
A data para as eleições presidenciais ainda não foi marcada, mas o representante da Organização das Nações Unidas na Líbia, Ghassan Salame, bem como vários políticos de vários quadrantes, já se comprometeram a realizar o sufrágio.
Mas antes de irem a votos, os líbios têm de realizar um referendo para ratificar uma nova Constituição, um dos passos para estabelecer um novo sistema democrático no país e tentarem terminar  a crise política.

Tempo

Multimédia