Mundo

Grupo extremista libertou raparigas

Vinte e uma estudantes de Chibok, no nordeste da Nigéria, raptadas pelo Boko Haram em 2014, foram libertadas ontem pelo grupo extremista.

As jovens foram “trocadas por quatro prisioneiros do Boko Haram esta manhã”, na região de Banki, na fronteira com os Camarões, confirmou uma fonte local à AFP. O movimento Bring Back Our Girls (Tragam as nossas raparigas de volta), que luta pela libertação das mais de 200 jovens de Chibok, declarou aguardar a confirmação da identidade das libertadas. O Boko Haram raptou 276 estudantes de uma escola secundária em Chibok na noite de 14 de Abril de 2014, tendo 57 conseguido fugir pouco tempo depois.

Tempo

Multimédia