Mundo

Inundações provocam 22 mortes e destroem casas e campos agrícolas

Vinte e duas pessoas morreram no Níger nas inundações provocadas pelas fortes chuvas que se abateram no país, anunciou o Governo.

Fotografia: DR

“Desde 6 de Agosto, o balanço é de 49 mil 845 pessoas afectadas e registamos, infelizmente, 22 mortes”, disse o ministro nigerino da Acção Humanitária, Laouan Magadji.
Segundo o ministro, as águas destruíram igualmente 3.131 habitações e 3.902 hectares de culturas agrícolas.
Além disso, 26.344 cabeças de gado foram dizimadas, bem como 11 salas de aula e 33 poços de água potável ficaram danificados.
O balanço anterior, estabelecido a 18 de Julho pelas Nações Unidas, referia-se a 13 mortos e 17 mil pessoas afectadas.
As regiões mais atingidas  são Maradi (centro-sul), Diffa (sudeste), Zinder (centro-leste) e Tahoua.

Tempo

Multimédia