Mundo

Julgamento de Jacob Zuma adiado para 28 de Julho

O julgamento do ex-Presidente sul-africano, Jacob Zuma, foi adiado para o dia 28 de Julho, sem que tenha sido dada uma explicação oficial para o facto.

Antigo presidente da África do Sul, agora responde à justiça, por alegado acto de corrupçaõ
Fotografia: DR

Jacob Zuma, que de manhã esteve no tribunal de Durban, onde lhe foi anunciado o adiamento, foi almoçar com um grupo de apoiantes de Kwazulu Natal. Numa altura em que se especula sobre a possibilidade de Jacob Zuma patrocinar uma nova formação política para rivalizar com o ANC nas eleições de 2019, estes almoços são lenha para alimentar a fogueira da especulação política.
Citado por uma rádio do Kwazuku Natal, Jacob Zuma terá minimizado a importância do julgamento que o aguarda dizendo não o temer por saber que está inocente.
“Se o julgamento acontecer, o que já não acredito, pois não há matéria para isso, não o temo porque sei que estou inocente”, disse no final do almoço com os seus correligionários.

Tempo

Multimédia