Mundo

Migrantes transferidos para zona desconhecida

Um total de 450 migrantes foi ontem transferido para navios militares após ter chegado de barco à ilha italiana de Lampedusa, no Mediterrâneo central, provenientes da Líbia, mas desconhece-se para onde foi encaminhado.

Governo italiano mantém rejeição de acolher migrantes
Fotografia: DR

Segundo a imprensa local, que citou fontes do Ministério do Interior de Itália, destas 450 pessoas, 266 foram transferidas para o navio Monte Sperone da Guardia di Finanza, a força policial italiana para as fronteiras e crimes fiscais, outros levados    para a embarcação de patrulha Protector da agência de controlo de fronteiras europeia Frontex.
Os outros oito migrantes, incluindo crianças e mulheres, uma das quais grávida, foram levados para a ilha de Lampedusa para receberem assistência médica, de acordo com a mesma fonte. Um barco de pesca antigo partiu na sexta-feira de manhã da Líbia, perto da fronteira  com a Tunísia, em direcção a Malta, mas acabou por mudar a rota e dirigir-se para as  ilhas italianas de Lampedusa e Linosa. Apesar do transbordo agora conhecido, não se sabe para onde estes migrantes serão encaminhados.

Tempo

Multimédia