Mundo

Mohamed Ghazouani indica Primeiro-Ministro

O novo Presidente mauritaniano, Mohamed Cheikh Ahmed Mohamed Ghazouani, nomeou ontem um Primeiro-Ministro, Ismaël ould Bedde ouyld Cheikh Sidya, encarregado de formar um novo Governo, noticiou ontem a Reuters.

Mauritanianos conhecem em breve a composição do Governo
Fotografia: DR

O novo Primeiro-Ministro da Mauritânia é um engenheiro formado em França, que já desempenhou funções ministeriais e foi presidente da Autoridade da Zona Franca de Nouadhibou (ZFN).
Logo após a nomeação, Cheikh Sidya anunciou, numa declaração à imprensa, a formação de “um Governo de competências”.
Mohamed Cheikh Ahmed ould Mohamed Ghazouani foi eleito Presidente da República a 22 de Junho de 2019 e tomou posse na última quinta-feira.
Logo após tomar posse, o novo Presidente ordenou a libertação do blogger Mohamed Cheikh Ould Mohamed Mkhaitir, que havia sido condenado à pena de morte em 2014, supostamente, por ter “apelado” nas redes sociais a um golpe de Estado.
Segundo a agência Reuters, que divulga a notícia, o blogger havia visto a sua pena comutada em 2017 e transformada numa sentença de dois anos de prisão, que agora foi cumprida.
Na altura da sua detenção, as ruas do país foram invadidas por enormes multidões que exigiam um novo julgamento, o que levou as autoridades judiciais a reverem a sentença inicialmente aplicada.
Diversas organizações de defesa dos direitos humanos, com os Repórteres Sem Fronteiras na linha da frente, realizaram várias acções de protesto alegando estar-se perante um “claro caso de abuso de poder”.
O blogger, à saída da prisão, disse à imprensa internacional que tenciona prosseguir a luta pela liberdade de expressão no país.

Tempo

Multimédia