Mundo

Oposição denuncia novo Código Eleitoral

Milhares de simpatizantes da oposição no Níger manifestaram-se em Niamey para denunciar o novo Código Eleitoral, que consideram ter sido “elaborado sob medida”.

Fotografia: DR

A oposição nigerina também acusa o Governo de Mahamadou Issoufou de má governação. “O povo exige um Código Eleitoral inclusivo e consensual”, gritavam os manifestantes.
A marcha surge uma semana depois da suspensão da participação da oposição nas jornadas do Conselho Nacional de Diálogo Político (CNDP) que visavam a revisão do Código Eleitoral elaborado em 2017.
Segundo a oposição, quatro artigos deste Código não foram objecto de acordo. Trata-se principalmente do artigo 8.º, que desqualifica das eleições qualquer pessoa que tenha sido condenada a pelo menos um ano de prisão. Esta disposição impede que o opositor no exílio, Hama Amadou, possa candidatar-se às próximas eleições presidenciais. Há alguns meses, Amadou foi condenado a um ano de prisão num caso de tráfico de bebés.

Tempo

Multimédia