Mundo

Ordenado inquérito sobre ataques contra o aeroporto em Trípoli

A Autoridade de Aviação Civil de Benghazi (AACB), pediu ao procurador-geral da República a abertura de um inquérito sobre os repetidos ataques contra o aeroporto de Maitigua, nos arredores de Trípoli, capital da Líbia.

Fotografia: DR

A AACB requereu o inquérito depois da queda de um foguete, que atingiu um avião, danificou a pista e uma sala de passageiros.

Num comunicado a AACB condena o que considera de \"agressão pelos fora-da-lei representados por grupos armados\", contra o aeroporto internacional de Maitigua, danificando um avião da companhia Libyan Airlines e uma parte das instalações.

Para a AACB, tal comportamento \"atenta contra a segurança pública\", fazendo perigar ainda a vida dos viajantes e dos residentes nos arredores do aeroporto, criando instabilidade e aumentando a violência.

Os serviços da AACB pediram que tudo seja feito para que os responsáveis daquele crime sejam julgados.

No final da semana passada homens armados, não identificados, dispararam um foguete contra o aeroporto de Maitigua, atingindo um avião Airbus 320 que se preparava para descolar.

O projéctil danificou os vidros e o tecto do terminal do aeroporto, sem no entanto fazer vítimas.

A aeroporto de Maitigua, o único que opera na capital líbia depois do encerramento do aeroporto de Tripoli, em 2014, tem sido alvo de ataques regulares das milícias rivais.

 

Tempo

Multimédia