Mundo

Polícias mortos em emboscada ultrapassam 50

As autoridades policiais anunciaram ontem que pelo menos 55 polícias egípcios morreram na sexta-feira no tiroteio ocorrido no sudoeste do Cairo, actualizando deste modo o número de vítimas mortais da emboscada.

Egipto está de luto após a morte de 50 polícias
Fotografia: Fayed el-Geziry | AFP

O tiroteio aconteceu em al-Wahat al-Bahriya, a cerca de 135 quilómetros da capital egípcia, e o número de mortes pode ainda aumentar, segundo a mesma fonte, citada pela agência de notícias  espanhola Efe.
Este ataque às forças de segurança acontece numa altura em que o país se prepara para comemorar o 75.º aniversário da segunda Batalha de El-Alamein, durante a Segunda Guerra Mundial.
O balanço anterior, divulgado no sábado, apontava para 16 polícias mortos em combates contra rebeldes numa estrada entre o Cairo e o oásis de Bahariya, no deserto ocidental do país.

Tempo

Multimédia