Mundo

Presidente Sall saúda memória do primeiro líder do Partido Socialista

O Chefe de Estado senegalês, Macky Sall, saudou a memória do primeiro secretário do Partido Socialista (PS), Ousmane Tanor Dieng, falecido segunda-feira, em França, depois de uma prolongada doença.

Chefe de Estado senegalês, Macky Sall
Fotografia: DR

“O Senegal acaba assim de perder um Estadista de uma dimensão excepcional, um digno filho da República, cujo percurso constitui um exemplo de abnegação e um modelo de engajamento patriótico”, declarou o Presidente Sall, citado num comunicado oficial entregue à AFP. Vice-presidente da Internacional Socialista, Dieng era, desde 2016, presidente do Alto Conselho das Colectividades Territoriais (HCTT). “O Partido Socialista e a República acabam de perder um aliado leal, um grande militante do Senegal e da República, um dos seus maiores servidores”, acrescentou o Presidente Sall. Dieng foi candidato do seu partido às eleições presidenciais de 2007 e 2012, tendo nas duas ocasiões perdido na primeira volta. Em 2012, o seu partido apoiou o candidato Macky Sall à Presidente.

Tempo

Multimédia