Mundo

Quénia manda encerrar fronteira com a Somália

O Governo queniano encerrou ontem a fronteira com a Somália, banindo assim também o comércio transfronteiriço, informou o portal regional da África Oriental.

Fotografia: DR

O Africanews, que cita várias fontes de informação no Quénia, acrescenta que o Governo fechou o ponto fronteiriço de Lamu, uma das quatro passagens de fronteira entre os dois vizinhos. A este juntam-se os pontos de Mandera, Wajir e Garissa.
A medida é parte de operações de segurança contra os insurgentes do al-Shabab que operam no lado somali. O portal regional da África Oriental cita o chefe da polícia de Lamu, como tendo dito que a fronteira só permanecerá aberta a agentes de segurança. />A fonte acrescentou que com relação à proibição do comércio transfronteiriço, as pessoas que violarem a medida perderão os seus vistos e serão detidas.
“Além das preocupações de segurança, também estamos cientes do tráfico de seres humanos e narcóticos. Isso deve parar. Agora é crime e, para quem não sabe, a fronteira permanecerá fechada até novas ordens”, disse o chefe de Polícia Kioi Muchangi.

Tempo

Multimédia