Mundo

Renamo dá prioridade ao diálogo pela paz

A Resistência Nacional Moçambicana (Renamo) está a atender questões urgentes no diálogo pela paz em Moçambique e a seu tempo tratará de eleger um novo líder, anunciou a comissão política nacional.

“Estamos a atender agora às questões de emergência e contingência”, referiu Alfredo Magumisse, membro da comissão política nacional da Renamo, numa conferência de imprensa realizada sexta-feira, em Maputo.Entre as questões urgentes está o acordo de descentralização do poder, acordado pelo Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, e o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, que morreu a 3 de Maio devido a complicações de saúde.

Tempo

Multimédia