Mundo

Sacos de plástico banidos do comércio

Os sacos de plástico tradicionais usados no comércio já não circulam em Cabo Verde desde a entrada em vigor, em Janeiro de 2017, da lei que proíbe a sua comercialização, segundo os Serviços de Saneamento do Ministério do Ambiente (SSMA) citados ontem pela agência de notícias  Inforpress.

O director dos Serviços de Saneamento do Ministério do Ambiente, Florisvindo Furtado, avançou que, diariamente, o seu departamento despacha pedidos de importação de sacos biodegradáveis, de acordo com o regulamento da lei em vigor.    “Enquanto serviço responsável por esta matéria, temos feito regularmente fiscalização e, pelo menos, nos mercados e casas comerciais temos encontrado apenas bolsas biodegradáveis”, precisou.

Tempo

Multimédia