Mundo

Um terço da população do Egito vivia abaixo do nível de pobreza em 2018

A agência de estatísticas do Egito revelou que um terço dos cerca de 95 milhões de habitantes (32,5%) vivia abaixo do nível de pobreza em 2018, em comparação com os 27,8% em 2015 e 16,7% em 2000, referiu a AP.

Marechal Abdel Fattah al-Sisi
Fotografia: DR

Segundo a agência noticiosa AP, o relatório é o primeiro sobre pobreza e rendimento desde que o Governo do marechal Abdel Fattah al-Sisi obteve um empréstimo de 12 mil milhões de dólares (10,7 mil milhões de euros) do Fundo Monetário Internacional (FMI) em 2016.

O Governo impôs aumentos no preço dos combustíveis e na generalidade dos serviços, anunciou uma nova taxa de valor acrescentado (IVA) e optou pela flutuação da moeda.As medidas de austeridade penalizaram fortemente as camadas mais baixas da população e a classe média egípcia.O FMI deverá disponibilizar nas próximas semanas a última parcela do empréstimo.

 

Tempo

Multimédia