Mundo

Vice-presidente do Governo em Trípoli apresenta demissão

O Vice-presidente do governo líbio estabelecido em Trípoli, Fathi Al Mujbari, anunciou ontem a sua demissão e pediu a renúncia do executivo do primeiro-ministro, Fayez al Serraj, assim como o seu abandono da cidade.

Fotografia: DR

Mujbari declarou que a sua demissão era necessária, pois as milícias armadas controlam as agências militares e de segurança de Trípoli, tendo essas instituições abandonado toda a intenção de proteger o Conselho presidencial e o seu governo.

Por outro lado, afirmou que a Guarda Presidencial foi desalojada por essas milícias em uma noite e sem efectuar um só disparo, pelo que Trípoli já não é uma cidade para fazer política.

A Líbia está mergulhada numa guerra civil desde a queda do governo de Muammar Kadhafi, em 2011, que dividiu o país em três administrações com a presença de várias milícias armadas nas ruas.

Actualmente, o país conta com um poder reconhecido pelas Nações Unidas, com sede em Trípoli, outro através do Parlamento na cidade oriental de Tobruk, dominado pelo general Khalifa Haftar, e um terceiro como resultado da importante aliança que integra as cidades-estado de Misrata e Zintan, no noroeste líbio.

 

Tempo

Multimédia