Mais NotíciasMais Notícias sobre Mundo

Homem mais procurado pela Itália preso na Bolívia

Agentes da Interpol prenderam ontem na Bolívia o homem mais procurado pelas autoridades italianas. Antigo militante do grupo extremista Proletários Armados pelo Comunismo, Cesare Battisti estava fugido desde 1981 e tinha sido condenado à prisão perpétua por quatro homicídios.
O homem foi detido quando caminhava sozinho numa rua de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, com uma barba falsa e um documento de identidade brasileiro.

ver arquivo

Tempo

Multimédia