Mundo

Justiça do Peru impede fuga do Presidente demissionário

A equipa especial anticorrupção da Procuradoria-Geral do Peru solicitou na quarta-feira ao Poder Judicial que impeça a saída do país do Presidente peruano, Pedro Pablo Kuczynski, após a sua renúncia ao cargo devido ao escândalo por suposta compra de votos no Congresso, noticiou a imprensa local.

O pedido da Procuradoria foi apresentado no Tribunal de Investigação Preparatória Nacional que processa os casos de corrupção ligados à operação Lava Jacto no Peru, de acordo com fontes do Ministério Público citado pelos veículos de imprensa.

Tempo

Multimédia